sábado, 2 de outubro de 2010

A NOSSA CONFIANÇA DEVE SER COLOCADA EM DEUS.

É incrivel como somo bobos e tolos as questões da vida, na verdade devemos passar certas situações para aprendermos como lidar com as mesmas, A questão que venho a debater se trata de CONFIANÇA.

A algum tempo atrás tive 2 grandes decepções com minha companheira, e esses epsódios me deixaram muito triste e sinto até hoje o que isso causou em minha vida, pelo fato de escolher continuar com a mesma pessoa, perdoando e tentando esqueçer o que aconteceu.

Me senti traido, pois o que descobri foi com minhas investigações, e infelizmente a decepção veio a tona! resolvi então recomeçar e viver a vida, mas tudo ficou mais difícil, notei que minhas noites já não eram mais as mesmas e que aquele pesadelo me atormentaria durante muito tempo.

Não sei ao certo qual o mais difícil se é confiar novamente ou se é perdoar.

Consegui perdoar por obrigação cristã, pois já que aconteceram 2 vezes, não seria algo que ela se arrependesse de ter feito, pois cometeu novamente o ero parecido, nao consegui esqueçer ainda não, e temo o pior, pois já não tenho mais forças pra lutar contra pesadelos.

Vejo que o drama que vivo é causado pela real falta de confiança, ou melhor, pela confiança perdida com os acontecimentos. e acabei pesquisando muito sobre como confiar novamente, embora não dependa apenas de mim. o que li me deixou mais tranquilo em partes, pois diversas pessoas que ja passaram situações semelhantes dizem que perdoar sim, mas não significa que tenha que continuar com aquela pessoa que você perdoou, no meu caso.
E vi que realmente continuar não me faz bem, e que na vida, temos que confiar somente em DEUS como já está escrito na bíblia.

Então entro no maior dilema da minha vida, esqueçer a pessoa que mais amei na vida, a mãe dos meus flhos.
A dor é tão grande que nem palavras podem expressar o sentimento de perda necessária que sinto dento de mim. Sei que preciso viver a vida e esqueçer tudo que passou e a palavra certa é RECOMEÇAR.

Em meados da minha vida passei uma situação de separação e recentemente presenciei uma outra separação, agora me vendo em uma cena dessas, não sei como reagir diante desses problemas.

Meus siceros perdãos já foram lançados, mas infelizmente não sou Deus pra lança-los ao mar do esquecimento, e como humano as consequências de tudo eu passo sofrendo e sofrendo calado, eis aqui minhas palavras finais.

Queridos amigos, alunos e familiares, estas palavras são de inteira profundidade emocional e não quero que fiquem tristes, mas quero que vocês confiem em Deus porque dele vem a força, e que não confiem nas pessoas porque são humanos e falhos.

Que Deus possa dar forças e Alegria ao meu e ao seu Coração.
Amém.